BEM-ESTAR

ARTIGO: Por que nosso coração bate acelerado?

ARTIGO: Por que nosso coração bate acelerado?
Prof. Dr. Edmo Atique Gabriel - Cardiologista e Cirurgio Cardiovascular

Dentre as principais queixas em consultrio cardiolgico, esto as palpitaes, as quais podem aparecer a qualquer momento do dia ou da noite, interrompendo o sono e gerando muito desconforto.

Os indivduos que, com frequncia, apresentam palpitaes cardacas tornam-se pessoas traumatizadas e constantemente temerosas quanto ao que pode acontecer aps uma crise de palpitaes. Muito comum o questionamento se um episdio intenso e prolongado de palpitaes poderia cursar com uma parada cardaca.

A harmonia das atividades profissionais e rotineiras pode ser ameaada pela quantidade e intensidade dos episdios de palpitaes cardacas. Para dirigir um veculo, prevalece o profundo temor quanto a possibilidade de perder o controle da direo e ocorrer um terrvel acidente. Para viajar de frias e praticar esportes, o temor de maior magnitude. Imagine se o corao disparar dentro do avio, o que pode acontecer? Imagine se o corao disparar durante uma trilha de bicicleta ou moto!

Enfim, palpitaes do corao costumam ser multifatoriais e realmente incomodam. Na rotina de um consultrio cardiolgico, nota -se nitidamente que as mulheres queixam -se com maior frequncia de palpitaes cardacas. Tambm interessante registrar que estas palpitaes, embora ocorram em horrios aleatrios, so mais acentuadas no perodo noturno, quando as pessoas j esto em casa e at quando j esto dormindo.

Ainda que as palpitaes do corao causem muito desconforto e temor, as mesmas costumam ser, na maioria dos casos, benignas e relativamente fceis de controlar, por intermdio da mudana de alguns hbitos de vida e uso de alguns medicamentos.

As palpitaes do corao podem ser compreendidas de duas formas bsicas: h casos de acelerao do ritmo cardaco sem a ocorrncia de descompassos do ritmo, como tambm h casos de elevao dos batimentos de uma forma desorganizada, o que seria uma arritmia.

A primeira situao reflete a elevao dos batimentos cardacos, sem a existncia de

sobressaltos, como resposta a algum estmulo. Essa ocorrncia frequentemente observada quando se tem medo e ansiedade acerca de algo que acabou de ocorrer ou poder ocorrer muito em breve. Indivduos que faro um concurso, uma prova escolar, aqueles que acabaram de ser demitidos ou at promovidos e aqueles que sabem que um falecimento poder ocorrer em breve devido a uma grave doena, so candidatos ao aparecimento de palpitaes. A busca de controle emocional e a orientao de um cardiologista desempenham papel fundamental na resoluo do problema. A primeira etapa da avaliao cardiolgica, para estes casos de elevao dos batimentos sem os sobressaltos, contempla a obteno de uma histria clnica meticulosa, exame clnico detalhado e solicitao de alguns exames complementares, sendo estes ltimos relevantes para documentar que efetivamente no se trata de um defeito estrutural do corao.

No segundo contexto, relativo ocorrncia de elevao dos batimentos em meio a descompasso do ritmo, destacam-se diversas modalidades de arritmias, desde as mais brandas at aquelas mais intensas e que podem gerar algum desconforto ou at eventual risco. Os indivduos que apresentam este tipo de palpitao necessitam de uma abordagem cardiolgica mais aprofundada, uma vez que fatores familiares, genticos, hormonais e defeitos estruturais do corao podem estar presentes. Quando parentes de primeiro grau tm ou tiveram histrico de arritmias cardacas, existe maior probabilidade de transmisso desta tendncia. Analogamente, quando parentes de primeiro grau apresentam ou apresentaram defeitos estruturais do corao, estes podero ser encontrados nos descendentes diretos e, desta forma, isto seria a causa das arritmias.

Em pases da Amrica Latina, destacadamente o Brasil, existem muitos casos da doena de Chagas. Uma das mais tpicas manifestaes da doena de Chagas pode ser arritmia cardaca. Desta forma, no consultrio cardiolgico, dependendo da histria clnica e dos antecedentes pessoais e familiares, torna-se primordial solicitar exame sorolgico para doena de Chagas, a fim de identificar a causa exata da arritmia.

Alguns hbitos alimentares tambm podem provocar a ocorrncia das diferentes modalidades de palpitaes cardacas. Recomenda -se consumo moderado de bebidas energticas como tambm alimentos e bebidas ricos em cafena e xantinas.

Em suma, as palpitaes cardacas so manifestaes comumente associadas ao nvel de estresse, fatores genticos e alguns hbitos alimentares. Buscar orientao cardiolgica fundamental para prevenir ocorrncias mais srias e at mesmo episdios frequentes de desconforto.

www.coracaomoderno.com.br

Prof. Dr. Edmo Atique Gabriel

Cardiologista e Cirurgio Cardiovascular

Professor LivreDocente

CRM 105226


+ Sintonia

ARTIGO: Correlação entre obesidade e insuficiência cardíaca

As pessoas tornam-se obesas em virtude de inmeros fatores, alguns genticos e outros adquiridos. Certamente no exagero afirmar que a obesidade jamais foi cerne de tantas pesq...

Leia +

ARTIGO: Nosso coração tem sede também

A grande quantidade de gua e eletrlitos de nosso sangue tem direta influncia no funcionamento saudvel de nosso corao. Dessa forma, em situaes de hemorragia e profusa ...

Leia +

Empresários de Rio Preto entregam prêmio de R$ 10 mil para startup de educação

O Lide Futuro de Rio Preto escolheu a Skiuhub, uma plataforma online de aprendizado que ensina por meio de experincias presenciais, como a melhor iniciativa empreendedora. A start...

Leia +

Para 96% dos empresários, carga tributária e burocracia impedem crescimento dos negócios

Pesquisa feita pela Confederao Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Servio de Proteo ao Crdito (SPC Brasil), em parceria com o Sebrae, revela que9...

Leia +

Mila Menin lança DVD em Rio Preto

Mila Menin, cantora gacha radicada h cinco anos em Rio Preto, lana seu primeiro DVD, no domingo (dia 8). O lbum Pub Lado B foi gravado durante um show da cantora ...

Leia +